Tropical Hotel de Manaus (1963) de Sérgio Bernardes: Turismo, modernidade e invenção

Publicado
2017-10-13

    Autores

  • Ricardo Alexandre Paiva Universidade Federal do Ceará
  • Paula Vale de Paula Universidade Federal do Ceará

Resumo

O artigo tem como objetivo investigar a relação entre a inserção da atividade turística como estratégia de modernização e Integração Amazônica e os princípios modernos adotados na primeira proposta para o Tropical Hotel de Manaus (1963), analisando como o caráter utópico do projeto concebido por Sérgio Bernardes se alinhava à dimensão econômica, política e simbólica dos agentes envolvidos no processo. Para tanto, o artigo se organiza em duas partes, a saber: análise da dimensão econômica, política e simbólica do projeto, identificando o papel do Estado, da Companhia Tropical de Hotéis e do arquiteto no processo de concepção do empreendimento; e análise do projeto utilizando como parâmetros: a contextualização e implantação do objeto arquitetônico; espaço arquitetônico e interações funcionais; linguagem arquitetônica e aspectosformais; sistema estrutural e construtivoe aspectos ambientais. Por fim, a pertinência deste estudo, inserida emuma pesquisa mais ampla sobre a relação entre o turismo e a arquitetura moderna, se justifica em função das transformações e dinâmicas socioespaciais contemporâneas, que têm provocado e ameaçado gradativamente e aceleradamente a manutenção e conservação deste importante legado do modernismo arquitetônico, sendo a documentação dos hotéis modernistas no Brasil uma premissa para a preservação do acervo remanescente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ANDRADE. T. K. ; TAVARES, M. G. C. O projeto de integração Amazônica visto pela turistificação dos lugares. Confins (Paris), v. 14, p. 1-1, 2012.

BERNARDES, S. Vanguarda: prospectiva e busca. Revista Cultura, nº 1. Editora Vozes, jan.-fev. 1970.

LEONE, J. C. Tropical Hotel de Manaus. Rio de Janeiro: José Carlos Leone e Associados Consultores Industriais, 1969.

MONTANER, J. Maria; MUXí MARTINEZ, Z. Arquitetura e política. Ensaios para mundos alternativos. 1ª, São Paulo, Gustavo Gili, 2014.

PAIVA, R. A. Tropical Hotel Santarém, de Arnaldo Furquim Paoliello. Uma “pérola” moderna na Amazônia. Arquitextos, São Paulo, ano 15, n. 175.03, Vitruvius, dez. 2014 <http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/15.175/5378>.

VIEIRA, M. P. Sergio Bernardes: Arquitetura como Experimentação. Dissertação de Mestrado. Pós-graduação em Arquitetura, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, Rio de Janeiro, 2006.

SALADINO, A. O fechamento da Panair do Brasil e a ascensão da VARIG. Cantareira (UFF), v. 3, 2005, p. 1-20.

Como Citar
PAIVA, R. A.; DE PAULA, P. V. Tropical Hotel de Manaus (1963) de Sérgio Bernardes: Turismo, modernidade e invenção. Revista Thésis, Rio de Janeiro, v. 2, n. 4, 2017. DOI: 10.51924/revthesis.2017.v2.108. Disponível em: https://thesis.anparq.org.br/revista-thesis/article/view/108. Acesso em: 19 ago. 2022.