Factoring cities: paisagens urbanas a partir de discurso-diagnóstico na era financeira digital

Publicado
2021-04-28
Palavras-chave: Cidades contemporâneas, Rem Koolhaas, discurso-diagnóstico, Regime ¥€$©, era financeira-digital Contemporary cities, Rem Koolhaas, discourse-diagnostic, The Regime of the ¥€$©, digital financial era Ciudades contemporáneas, Rem Koolhaas, discurso-diagnóstico, Régimen de ¥€$©, era financiera digital

    Autores

  • Sandra Catharinne Pantaleão Resende Pontifícia Universidade Católica de Goiás Universidade Estadual de Goiás http://orcid.org/0000-0002-5145-9255

Resumo

O artigo apresenta a dinâmica urbana a nível global incitada pelas transformações da passagem de século visando identificar as características do processo de modernização mais recentes. São consideradas as reflexões de Rem Koolhaas acerca da lógica de consumo que orienta grande parte das intervenções urbanas, além dos processos de urbanização em pontos estratégicos do planeta condicionados à globalização, às tecnologias de informação e ao mercado financeiro. Consideram-se os termos descritos por esse arquiteto, a saber: generic city, bigness, junkspace, COED e Regime ¥€$. Ao articulá-los, é possível traçar características da urbanização mais recente seja pela intervenção ou a expansão de cidades globais; cidades novas, especialmente no Oriente Médio e na Ásia, além da formação de um continuum espacial que alavanca e orienta grande parte da prática arquitetônica atual. Para fins de desenvolvimento da pesquisa, são apresentadas as reflexões sobre a cidade contemporânea e seus desdobramentos na voz de Rem Koolhaas (1995; 2001a; 2001b; 2004), visando aproximar suas percepções a de outros autores como Soja (2000; 2011) e Vàzquez (2004; 2016), seguidas por reflexões sobre o processo recente de urbanização na China, com destaque à região do Delta do Rio Pérola (PRD).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

AL, Stefan. Factory Towns of South of China. Hong Kong: Hong Kong University Press, 2012.

ARANTES, Pedro Fiori. Forma, valor e renda na arquitetura contemporânea. ARS, São Paulo, v. 8, n. 16, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ars/v8n16/07.pdf>. Acesso em: 20 jan. 2013.

BETSKY, Aaron. Rem Koolhaas: the fire of manhattanism inside the iceberg of modernism. In: ______. What is OMA considering Rem Koolhaas and the Office for Metropolitan Architecture. Roterdã: Nai Publishers, 2003. p. 25-39.

HARVEY, David. A condição pós-moderna. Tradução: Adail Ubirajara Sobral e Maria Stela Gonçalves. São Paulo: Edições Loyola, 1992.

KOOLHAAS, Rem. Delirious New York. Nova York: Monacelli Press, 1978.

KOOLHAAS, Rem; MAU, Bruce. S, M, L, XL. Nova York: Monacelli Press, 1995.

KOOLHAAS, Rem; MCGETRICK, Brendan. Content: triumph of realization. Koln: Taschen, 2004.

KOOLHAAS, Rem; ZENGHELIS, Elia. Exodus, o i prigionieri volontari dell'architettura/Exodus, or the voluntary prisoners of architecture. Casabella, Milão, n. 378, p. 42-45, jun. 1973.

KOOLHAAS, Rem et al. Harvard Design School Project on the City I: great leap forward. Koln: Taschen, 2001b.

____. Harvard Design School Project on the City II: guide to shopping. Koln: Taschen, 2001a.

MUÑOZ, Francesc. Urbanalización: paisajes comunes, lugares globales. Barcelona: Gustavo Gili, 2008.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1996.

SOJA, Edward W. Postmetropolis: critical studies of cities and regions. Oxford: Basil Blackwell, 2000.

______. Regional urbanization and the end of the metropolis era. In: BRIDGE, Gary; WATSON, Sophie. A Companion to the City. Oxford and Malden, MA: Blackwell Publishing Ltd, 2011, p. 679-689.

VÁZQUEZ, Carlos García. Teorías e historia de la ciudad contemporânea. Editorial Gustavo Gili: Barcelona, 2016.

______. Ciudad Hojaldre. Editorial Gustavo Gili: Barcelona, 2004.

Como Citar
PANTALEÃO RESENDE, S. C. Factoring cities: paisagens urbanas a partir de discurso-diagnóstico na era financeira digital. Revista Thésis, Rio de Janeiro, v. 5, n. 10, 2021. DOI: 10.51924/revthesis.2020.v5.229. Disponível em: https://thesis.anparq.org.br/revista-thesis/article/view/229. Acesso em: 18 jun. 2021.