O conceito de integridade na conservação da arquitetura moderna

Publicado
2022-04-19
Palavras-chave: integridade, arquitetura moderna, conservação, patrimônio integrity, modern architecture, conservation, patrimony integridad, arquitectura moderna, conservación, patrimonio

    Autores

  • Flaviana Barreto Lira Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília https://orcid.org/0000-0003-2259-4885
  • Allana Peixoto
  • Carlos Eduardo Luna de Melo

Resumo

A conservação do patrimônio arquitetônico envolve um processo de análise do bem no decorrer do tempo e tem como objetivo a manutenção do seu valor patrimonial. Os conceitos contemporâneos de significância cultural, autenticidade e integridade têm atuado como elementos balizadores das ações de conservação sobre o patrimônio. Dentro desse contexto, percebe-se que algumas obras da arquitetura moderna têm apresentado problemas que impactam diretamente a significância, a integridade, a autenticidade e, consequentemente, a manutenção das suas características de valor patrimonial. Observa-se, muitas vezes, a existência de conflitos entre as condições de degradação do bem e a manutenção do seu valor patrimonial, indicando dificuldades quanto à proposição de ações conservativas que possam gerar um menor impacto possível sobre tais valores. Apesar da importância do conceito de integridade no processo de conservação do patrimônio, ainda não há um consenso claro quanto ao sentido exato de sua aplicação ou ao estabelecimento de parâmetros específicos que possam guiar a sua avaliação na prática. O objetivo do presente trabalho é apresentar a importância do conceito de integridade dentro do contexto das ações de conservação e intervenção sobre os edifícios da arquitetura moderna e os principais desafios inerentes à sua aplicação prática no processo de conservação. Conclui-se que a integridade deve ser operacionalizada como ponto central do processo de conservação do patrimônio moderno, podendo apontar a necessidade de realização de intervenções e ações de manutenção em momento anterior à necessidade realização de intervenções de maior impacto, onde já se observa um avançado processo de degradação sobre o bem.   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BOITO, Camilo. Os Restauradores. São Paulo: Ateliê Editorial, 2002.

BRANDI, Cesare. Teoria da Restauração. Cotia: Ateliê Editorial, 2004.

LIRA, Flaviana. Autêntico para quem? A noção de autenticidade do patrimônio cultural na contemporaneidade. Patrimônio e Memória. São Paulo: UNESP, v. 14, p. 272-298, 2018.

LORETO, Rosane. As [Des]Venturas da Integridade no Patrimônio Mundial. Tese (Doutorado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2016.

MACDONALD, Susan. Reconciling Authenticity and Repair in the Conservation of Modern Architecture. Journal of Architectural Conservation. Journal of Architectural Conservation, v. 2, n.1, p.36-54, 1996.

MACDONALD,Susan. 20th Century Heritage: Recognition Protection and Practical Challenges. In: ICOMOS, World Report. ICOMOS World Report 2002-2003 on Monuments and Sites in Danger, Paris, 2003. pp. 1-14.

RUSKIN, John. A Lâmpada da Memória. Cotia: Ateliê Editorial, 2008.

SILVA, Paula. Conservar, uma Questão de Decisão. O Julgamento na Conservação da Arquitetura Moderna. Tese (Doutorado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco, 2012.

UNESCO, World Heritage Centre. Operational Guidelines for the Implementation of the World Heritage Convention. Paris, 2008.

VIOLLET-LE-DUC, Eugene. Restauração. São Paulo: Ateliê Editorial, 2000.

ZANCHETI, Silvio; HIDAKA, Lúcia. Um Indicador para medir o Estado de Conservação de Sítios Urbanos Patrimoniais: Teoria e Estrutura. Indicadores de Conservação e Sustentabilidade na Cidade Patrimonial. Olinda: CECI, 2010.

Como Citar
BARRETO LIRA, F.; PEIXOTO, A.; LUNA DE MELO, C. E. . O conceito de integridade na conservação da arquitetura moderna. Revista Thésis, Rio de Janeiro, v. 6, n. 12, 2022. DOI: 10.51924/revthesis.2021.v6.337. Disponível em: https://thesis.anparq.org.br/revista-thesis/article/view/337. Acesso em: 27 jun. 2022.